3 de setembro de 2008

Já está!

Queridos amigos,

A operação da Mãe correu bem!

Eram 08h00 da manhã quando desceu do quarto andar ao piso -2, escoltada por três marmanjos parecidos com ela, mais a nora enfermeira que só a largou quando a anestesia a deixou a dormir.

Passadas duas horas, o médico concluía a cirurgia, agradavelmente surpreendido por uma parte do intestino ter voltado ao sítio, mesmo antes da operação!

Ao meio dia já estava junto a ela, consciente e bem disposta, embora horas mais tarde não se lembrasse de ter estado comigo.

Às 16h00 já estava de volta à cama nº432, onde acabo de a visitar. Está sem dores, bem disposta e aliviada.

Tudo está a correr maravilhosamente bem.

Será pela competência dos médicos e de toda a equipa do hospital?

Será pela fé inabalável da minha Mãe?

Será pela onda de carinho, amizade e optimismo que nos tem envolvido?

Tenho uma grande convicção que é por tudo isto, junto.

Não há palavras para descrever o meu estado de contentamento, alívio e emoção.

Bem hajam!

6 comentários:

Carol disse...

Acredito que seja pelo conjunto de tudo ... mas somos sempre surpreendidos pela vida ... neste caso muito positivamente !!

Ficamos à espera de mais noticias sempre boas :)

Uma beijoca carinhosa para vocês

Maria disse...

E como imagino como te deves estar a sentir deixo-te apenas um enorme abraço, apertadinho....

Princesa Isabel disse...

Um grande abraço amigo!
Mantem-se a onda positiva à tua volta!
Bijo grande,
Isabel

Anónimo disse...

"As forças naturais que se encontram dentro de nós são as que realmente curam as nossas doenças."
Neste caso as forças intensificaram-se por toda uma corrente de boa esperança vinda de muito bons corações...
Tudo o que vier agora só pode ser para melhor!

Beijo grande para os 2!

Ass: Eterna anónima

Andreia Vilarinho Flórido disse...

A minha Sogra está linda!
Hoje fiquei tão feliz quando a vi.
Maravilhosa, lá estava ela!
Tem sido uma surpresa diária e constante.
Está tudo a correr maravilhosamente bem:
- pela competência dos médicos e de toda a equipa do hospital;
- pela sua fé inabalável;
- pela onda de carinho, amizade e optimismo que nos tem envolvido.
Mas,cada vez mais tenho a certeza que a fé e o positivismo é 50% da cura.
Cada dia que passa, mais me convenço disso.
Foi a mami.
É a sogra.
Duas mulheres de M grande.
Nunca conheci ninguém como a minha sogra.
A sua garra, a sua fé e com o seu positivismo, têm sido a grande cura dela, aos longo de todos estes anos.
O médico e toda a equipa do hospital tem o seu mérito, a onda de carinho tem sido...linda e tão grandiosa, mas a fé dela, durante toda a sua vida, tem sido o seu verdadeiro "milagre" também.
Bem haja Sogra!
Beso
Andreia Vilarinho Flórido

Uma vida qualquer disse...

Besos, para ti y para la mami, guapo.