31 de dezembro de 2007

2007 - O deve e o haver

Não tenho por hábito incomodar-vos com as minha miudezas, mas permitam-me esta auto-terapia...

Em 2007:

- fechei um ciclo de 12 anos, que foi durante muito tempo o projecto da minha vida;
- nasceu o meu quinto sobrinho;
- o meu Benfica fartou-se de dar tiros nos pés;
- fiz aproximadamente setenta espectáculos;
- afastei-me de uma família que sempre quis mas nunca tive;
- pacifiquei-me;
- afastei-me de amigos que viviam do título;
- iniciei um projecto do qual pouco esperava mas que muito me tem dado;
- divorciei-me da pessoa que mais me marcou depois dos meus pais;
- solidifiquei algumas boas amizades;
- consolidei a minha situação profissional;
- estive sozinho, pela primeira vez desde os meus dezassete anos;
- resolvi os meus problemas financeiros;
- fiz novas amizades;

Em 2008 espero:

- tocar mais e melhor;
- recomeçar a compor;
- encontrar um escritor de letras de canções compatível;
- ler mais;
- escrever um conto;
- consolidar amizades com aqueles que me têm estado próximos;
- reforçar a minha estabilidade financeira;
- comprar uma nova guitarra;
- que o meu Benfica se fortaleça;
- ir aos Açores;
- resolver problemas antigos;
- que a vida me surpreenda...

5 comentários:

Mukanda disse...

Olecas...
Bom dia!
BOM 2008.
Ao longo destes meus 32 anos, tenho sentido que o que não nos "mata", fortalece!
Já dizia o ditado!
Foi na infância, na Adolescência e está a ser agora enquanto adulta.
Há que tirar sempre o melhor partido de tudo.
Mesmo quando tudo parece impossível, mesmo quando tudo parece estar perdido.
Existe sempre uma luz ao fundo do túnel.
Temos apenas que "estar abertos" a olhar para ela, com olhos de ver!
Quando nos sentirmos sozinhos e tristes, devemos sempre procurar pelo nosso amigo mais chegado, no meu caso o meu querido Arco Íris, amigo fiel, que tem andado sempre de mãos dadas comigo.
Só ainda não me deu a conhecer o pote de ouro....mas acredito que está a tratar disso...um dias destes supreende-me.
Mesmo nos dias em que acordo e penso que estou sozinha.....ele aquece-me com a sua amizade, carinho e confiança.
Basta acreditar.
Eu acredito.
Desejo do fundo do meu coração que 2008 te traga tudo pelo qual tens lutado.
No que estiver ao meu alcance...sabes onde estou.
Quero que sejas muito, muito feliz Charrazito.
Acredito em ti.
Nunca deixes de acreditar nisso.
Um beijo muito grande.

Mukanda

Dionisio Leitão disse...

Foi muito Charraz, mesmo muito, aquilo que fizeste em 2007. E se tiveste a capacidade de acreditar e agarrar aquilo que querias para a tua vida no ano passado, de certeza que também o vais conseguir este ano. Só tenho uma "pequena" dúvida... o teu/nosso Benfica...

Grande abraço e um excelente 2008

zmsantos disse...

Sinto-me incomodado. Respondo desejando que se concretizem todos os teus desejos, e como me revejo nalguns deles, aqui fica renovada a força, em forma de amizade.

Abraçinho.

Anónimo disse...

Bem vamos lá aver no que podemos ajudar. Tocar mais e melhor vais concerteza; recomeçar a compor o que tem que ser tem muita força; adorava escrever umas coisas para ti, (hehe); o livrinho já está embrulhado para a próxima vez que nos encontrarmos; quem sabe de contos para poderes treinar; ombro amigo ao teu dispôr; a ver se conseguimos arranjar uns espectáculos que paguem o valor da transferencia fantasma, por uma noite dava muito jeito; e podias comprar logo a guitarra; bem quanto ao Benfica, bem que gostava de ajudar, no entanto podemos sonhar; Os outros deixo por tua conta, tambem tens que fazer alguma coisa sózinho, lol
Abraço
Dionísio Simões

vasquinho disse...

só te posso ajudar na guitarra tenho umas fixes para vender. eh eh . Bom Ano e caga nisso ! 2008 vai ser mais que isso tudo, excepto o benfica.

abraço
vasco ribeiro