18 de fevereiro de 2008

A corda

Confesso que nunca lhes perguntei o porquê do nome, mas descobri que depois de um repasto como o que ontem teve lugar na Taverna, e ao qual tive o prazer e a honra (sim, não esquecer que estamos a falar de gente brasonada) de ser convidado, qualquer um fica com a corda toda! Garanto-vos que o tempo passa a correr...




Primeira lição: o melhor lugar é ao lado da grelha...











Não deixa de ser estranho vê-las assim tão quietas...





Este Senhor à esquerda do ilustre Conde do Algueirão chama-se Carlos e elevou assustadoramente a minha fasquia no que ao Churrasco diz respeito. Não duvido que seja um muito competente gestor de postos de abastecimento, mas os secretos com sabor a Lima são inclassificáveis...







O estilo está lá, e já aprendeu a primeira lição para quem quer seguir carreira: nunca ouvir os comentários da família!






Vejam Bem, o pessoal do Grupo da Corda também canta!
A todos o meu muito obrigado pela recepção tão acolhedora.

6 comentários:

Anónimo disse...

É sempre um prazer receber-te a ti Rogério no nosso "seio", o facto de teres paciência para "levar" connosco só prova que és uma extraordinária pessoa. Obrigado.Ass: Principe dos Açores.

O Grupo da Corda disse...

Fico feliz quando todos os meus amigos se sentem bem entre os meus amigos todos.
Foi uma tarde fantástica, em que para além da tua amizade, ainda deste um toque (sempre soberbo) lá naquele palco que conheces tão bem
Mas, mais do que isso, foi poder contar contigo neste convivio de amigos, já que também fazes parte da vida deste grupo (e da triagem à saida da grelha).
Quero aqui deixar uma grande vénia à tua nobreza.
Aquele abraço, meu amigo.
P Miranda

Marquês de Vanicelos disse...

Agradeço em meu nome e em nome do Grupo da Corda, os bons momentos proporcionados com a tua companhia e que, com a tua arte na viola e na voz, tanto contribuiste para enriquecer estes momentos de amizade.
Como disse o Conde do Cacém de Cima e Príncipe dos Açores, és e serás sempre benvindo neste tão nobre grupo de amigos... nobre pela amizade que nos une.
Grande abraço
Marquês de Vanicelos

Infanta Catarina da Qta Anjo disse...

Apesar de ter apenas quatro aninhos, já gosto muito destas churrascadas e especialmente de ouvir o Rogério cantar!! Até fui dizer à minha professora que tinha estado com o Jorge Palma num concerto!!!
Beijinhos, Catarina.
P.S.: E não deixem o meu pai cantar mais!!

Rogério Charraz disse...

Infanta Catarina, se fosse a ti não esticava a corda, olha a herança.... ;)

Princesa Isabel disse...

Foi uma tarde bué nice!!!!
Bjs!