22 de junho de 2006

É o que se pode arranjar...

Já que a escassez de tempo e de meios não tem permitido alimentar este espaço convenientemente (Ex.ma Sra Sandrina, a gerência agradece a atenção e promete esforçar-se para melhorar os serviços), procuro a redenção através de uma boa acção, a divulgação deste apelo que me chegou por "emílio":

Encontrei este cachorrinho na rua, todo molhado, cheio de frio e de medo. Não consegui ficar sem fazer nada.... Tenho a certeza que foi abandonado e deve rondar os 2/3 meses de idade e é macho. A quem quiser adoptar, peço que entre em contacto com os números: 96 310 63 45 - 96 977 98 95.





14 comentários:

S.Blanco disse...

Se essa Exma. Sra. Tipa soubesse que a reposta tinha direito a referência no post, limitava-se a pedir o livro de reclamações e deixava essas manias de querer falar com a Gerência.
É que podia ser falta de inspiração e nesse caso havia sempre recurso à resposta-post, gosto muito de vocês - ou não - mas o blog é meu e actualizo quando me apetece, quero ou posso! - há pano para mangas com o tema.
Redimir-me adoptando o cachorro não é opção, porque está provado científicamente - e já houve provas disso - que o único ser vivo que consegue sobreviver nos meus aposentos sou eu mesma.
Ah! e quanto à dieta, esteja à vontade, quem sou eu!

zmsantos disse...

Se fosse 'cadela' falava com o meu amigo Oliveira... hihihi...


Abraçinho

Rogério Charraz disse...

Vês, já valeu a pena responder-te... olha, e porque não fazeres um blog? Bem sei que tempo é coisa que não abunda por esses lados mas já vi que capacidade não falta e quer-me parecer que assunto e criatividade também não. Vais ver que só custam os primeiros cinco anos...
Ah, e mais uma coisa, ando mortinho por ir visitar o João Balão a Barcelona, portanto, vê lá se combinas com a tua amiga e organizam uma excursão.

Rogério Charraz disse...

Ahahahahahah, essa agora fez-me rir, Zé...

S.Blanco disse...

Se eu não soubesse que houve uma boca grande com língua viperina ... Cuidado com as expectativas, que eu, modestia à parte, sou óptima para "fraudes".
Quanto à excursão, é uma questão de datas e de aproveitar enquanto os aviões da vueling são novos e não necessitam manutenção - é que já dizia o outro que o seguro morreu de velho! - e a minha amiga estou certa que estará encantada ... não é piquena rã?!

Rogério Charraz disse...

És óptima para "fraudes" ou para "Freudes"? Bela piada, não foi?
Porque é que não te deixas de tangas e não mandas o endereço para poder conferir a tua fraude?

Andreia disse...

Piquena rã sou eu amor?!
E a língua viperina...também é a minha?!
É por isso que eu gosto muito de ti :)
Quanto à excursão.....já está marcada...eu sou óptima a organizar! Como diria alguém que me é MUITO CHEGADO....tirei o curso errado!
Cada um é para que o que nasce,não é minha querida Nicas?!
Barcelona é uma cidade fantástica...O avião já está marcado para dia (supresa!!!).
Cenas dos próximos capítulos....
Quanto à dormida...essa,deixo para ti....
Quanto ao encantamento.....bom quanto a esse...falaremos numa outra altura, certo?!
Beijos.
Andreia

S.Blanco disse...

O encantada a que me referia não era de encantamento, mas da saudação utilizada em Espanha e equivalente ao nosso "prazer", quando somos apresentados. Mas de qualquer forma vais ficar encantada, garanto-te!

Andreia disse...

Acredito, minha querida Sandrina...
Até porque já tive o prazer de conhecer Barcelona durante 3 dias e a vontade de lá voltar continua presente até hoje...
e pelos vistos está bem para breve!!!!
Só não me " apanham" mais na Sagrada Familia....que dia....no minimo assustador....mas por fim caricato!!!
Kiss
Andreia

Rogério Charraz disse...

Falam, falam.... e o avião está marcado? No próximo fds estou livre...

Andreia disse...

Sandrina,

Ele está-nos a provocar....
Não podemos ficar de braços cruzados!
Pode ser que tenha uma supresa :)
kiss, kiss

Andreia

S.Blanco disse...

Tu vai brincando e depois diz que acordaste nessa fanstástica cidade chamada Terrassa - que apenas o é para mi porque passei lá a infância, e que será onde se hosperam suas Exas. - não sabes como, que estavas muito bem no aeroporto a beber uma cervejinha e de repente uma luz muita forte e branca te cegou ...

S.Blanco disse...

Errata: hosperam deve ser do verbo hosperar cuja definição revelarei a seu tempo, para o caso era hospedarão

Rogério Charraz disse...

É um neologismo: hosperar - tempo de espera para ficar hospedado. E por falar nisso, quanto tempo mais vou ter que hosperar por essa aventura basca? A luz branca não me incomoda, desde que não acorde na segunda-feira com a sensação que não tenho rins, estranhando os vossos sinais exteriores de riqueza...