14 de fevereiro de 2006

Libre


Soy libre
porque hay alguien más
no estoy sólo
en la ciudad que se mueve
el amor envuelve
mi corazón
en libertad

Pedro Guerra
 Posted by Picasa

12 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns Mamã!!!
Obrigada, pelo ser humano que és e por nunca me faltares...
Beijo grande da tua filha Andreia.

S.Blanco disse...

É mais forte do que eu, não gosto de pôr isto aqui e mandava-te um mail, mas não tens link. É uma pequena correcção, tens um m onde devia estar um n (no estoy solo) ...
Quanto à D.Elza, é sem dúvida livre de espírito, de coração acho que ninguém que se importe o é realmente!

Rogério Charraz disse...

A correcção está feita. Obrigado pelo toque. Já agora, só para me situar, quem és? Se quiseres responder para o endereço electrónico: rogeriocharraz@gmail.com

Nanda disse...

Parabéns para a Elza, uma mulher que mesmo com as contrariedades da vida mantem-se sempre cheia de garra. Beijinhos Nanda

marcia disse...

Foi mãe e pai, amiga.........sempre presente
Temos as nossa divergências, porque agora eu tb sou mãe e ela avô. Amo-a por tudo o que ela foi, é, e será na minha vida.
Parabéns pelo dia de hoje mais 1, e continua LINDA!!!(vejam só pela foto)
Beijinhos, Márcia Vilarinho

CÉLIA COUTINHO disse...

MUITOS PARABÉNS E UM GRANDE BEIJINHO DA CÉLIAZITA.

Anónimo disse...

Minha querida..Um Beijo muito especial para uma Grande Mulher..Es Unica prima...Gosto mto de ti...
Parabens....
Carla Sofia Vilarinho

Sandra disse...

Procurei a melhor definição de amor para te desejar felicidades (porque fazes anos no dia dos namorados…). Não encontrei nenhuma à altura. Encontrei-a (a tal definição k buscava) no teu belo sorriso. Como é lindo o teu sorriso!
Tantos anos a sorrir no círculo da vida que, por várias vezes, teima em não nos deixar erguer…mas a vida é assim, e a vida é a vida. Temos que a deixar passar…sabendo que o essencial é invisível aos olhos, só se vê bem com o coração. Como o teu belo sorriso. Mas pronto, a vida é assim e a vida é a vida. Um beijo, maior que qualquer um. Da tua irmã pequenina.

Francisco Vilarinho disse...

Sou...
Sou pai
Sou mãe
Sou um ai,
Sou dor,
E amor
Também.
Sou sorrisos,
Sou sisos,
Sou presença
Imensa
Neste verbo
Soberbo
De ser pai
E ser mãe;
No dar um ai
E num beijo também.
Sou
E dou
O que tiver
Que lhes dar;
E darei:
Seja no amar
E tudo o que sei
Do carinho;
Um beijo,
Um abraço,
Um miminho…
E faço
E desejo
O que for possível,
Até o impossível,
Para ser pai
E ser mãe
também:
Num ai
De dor
Ou num sorriso
De amor:
No que for preciso…

PARABÉNS DO ÁLVARO,ALEXANDRE,ANA E FRANCISCO VILARINHO

Anónimo disse...

Muitos parabéns pa gande maluca da minha tia!!!!

Um beijo do teu "filho"... eheh ;)

KUKA

S.Blanco disse...

Sandrina diz-te alguma coisa?!
D. Elza desculpe-me a indelicadeza ... Feliz cumpleaños!

Rogério Charraz disse...

Ó Sandrina, as minhas desculpas, mas não sabia que Blanco mais Blanco que tu não havia. Sejas bem vinda a este humilde espaço.