5 de fevereiro de 2009

"A dita dura" chegou ao You Tube



A dita dura
Letra & Música: Rogério Charraz

A dita rói
A dita mói
A dita dói
E contra a dita a gente grita

No tempo da outra senhora
Só havia p`ró jantar
E agora? Só me apetece chorar!
É o Juro que sobe
Ai meu Deus, quem me acode
Quem me tira do buraco
Quem me livra do contrato
Que assinei p`ra pagar
O que não posso comprar…

No tempo da outra senhora
Todos cantavam o hino
E agora? É tudo a fazer o pino!
A bandeira na janela
Da barraca da favela
Chamada bairro social
Para não soar tão mal
Neste novo português
Onde se "kapam" os quês

A dita dura
A dita dura
E contra a dita a gente grita
E contra a dita a gente grita

No tempo da outra senhora
Não se podia falar
E agora? É tudo a desconversar
Na TV do momento
Jornal é entretenimento
Concurso? Humilhação
Futebol até mais não
E não perca a novela
Enquanto aperta a fivela

No tempo da outra senhora
Não havia oposição
E agora? Ninguém percebe quem são.
Do que ontem era ideia
P`ra curar desgraça alheia
Hoje só resta a desculpa
E o ónus dessa culpa
Que com tanta parceira
Ainda acaba solteira

A dita dura
A dita dura
E contra a dita a gente grita
E contra a dita a gente grita

Dizia a outra senhora
“Orgulhosamente sós!”
E agora? Em que Europa estamos nós?
Cotas na agricultura
Défice cravado na cintura
A factura por cobrar
Subsídios que gastámos
Dinheiro que esbanjámos
E que havemos de pagar

A dita dura
A dita dura
E contra a dita a gente grita
E contra a dita a gente grita

A dita rói
A dita mói
A dita dói
E contra a dita a gente grita

PS: Na ficha técnica falta o nome da fotógrafa e "produtora" do video: Joana Correia

10 comentários:

Maria disse...

Parabéns!!!!
Que bom podermos ver e ouvir...

Beijos

A CONCORRÊNCIA disse...

Fabulástico !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Parabéns a todos !!!!
Parabéns especiais ao autor da letra e da música, e à voz !!!!!!!!!!!
Tá mesmo bueréré de fixe ! Até já sei cantar o refrão, aprendi em dois segundos.

Besos

Uma vida qualquer disse...

Não me deixa de parecer uma ironia do destino, que a música de intervenção seja "actualizada" com "A dita dura"!
Fantástica.
Besos majo.

Pedro Branco disse...

Boa!

Como só podia ser, um cheirinho a Fausto e sabor a Charraz!

Parabéns.

Lusaut disse...

E finalmente abrem-se as cortinas para todos podermos ver e ouvir o que realmente tens para dar. Eu sempre soube que é muito e que ia ser do melhor. Aqui está a prova. Abraço

Carol disse...

Charraz, meu querido

Tu "ditas" e nós "gritamos" !!!

Sempre a acompanhar-te .... FABULÁSTICO ... na mouche !!

A intervenção no seu melhor ... ;)

Muito BOM mesmo !!

Beijocas ;)

VASCO RIBEIRO disse...

O Mal é que a "dura" há-de sempre ser dura , e a "dita" as vezes é pela não dita.
As hipóteses que essa feia palavra dá.

Abraço

Dá noticias boas!

Princesa Isabel disse...

Gostei sim, bastante.
Um cheirinho a "Fausto" nos meus ouvidos.
Muito bonita!
Parabéns a todos, especialmente ao autor.
Besos da realeza! ;)

rogerio disse...

Parabéns,boa sorte para o festival,contra a ”dita” venham todos que nunca são demais!!!

Abraços

Rogério Oliveira

Leticia Gabian disse...

Vamos lá gritar pela bem cantada "dita" e sempre contra a malDITA!