27 de novembro de 2008

Contagem decrescente

Eu, matar, não gosto muito
mas saudades, é diferente
é como matar pulgas alivia a gente

Sérgio Godinho em "O Porto aqui tão perto"

4 comentários:

Maria disse...

Nem sabes o sentimento horrível de "inveja" que andas a provocar por aqui...

A CONCORRÊNCIA disse...

E o pior de tudo ainda, é a falta da nossa "terapia de fim de semana", né Maria ?

P.S. Não precisas de ficar para ai todo inchado a pensar que mais uma vez tinhas razão, que tens bué de jeito para psicólogo, tens um certo jeitinho é para cantar canções em que a malta gosta de fazer coros, mais nada ...

zmsantos disse...

Um grande abraço de saudades ao Sapito e ás gloriosas noites do Ribeirarte.

Mukanda disse...

Um beijo do tamanho do Mundo ao nosso Sérgio!
Tenho muitas, mas mesmo muitas saudades dele...
Andreia