23 de setembro de 2008

"Mute"

Não me considero uma pessoa vaidosa. Também não tenho grandes razões para isso, verdade seja dita, mas o que não falta por aí é gente a gabar-se de coisas que mais ninguém vê ou sente, senão os próprios.

Não sendo um narcisista convicto, não posso deixar de admitir publicamente que há algo em mim que cada vez está mais bonito, mais elegante, mais irresistível...

O meu silêncio!

7 comentários:

Maria disse...

É bonito, sim....
(em qualquer situação)

Deixo um abraço, em silêncio

zmsantos disse...

É verdade. Até já há quem pense que és mudo, eh,eh,eh...dbujqc

Leticia Gabian disse...

Às vezes, reconheço que falo a mais. Talvez sim... Talvez não.
Mas, se falo o que preciso falar é justamente por ser eu aquela quem sente na pele e no coração, ou por testemunhar este sentir em outro alguém.

"Quem cala, consente" e a determinadas coisas não posso simplesmente presentear com um elegante silêncio.

Tens uma voz tão linda e uma presença tão forte que só podes mesmo estar cada dia mais "irresistível"

A Nossa Casa disse...

Não posso deixar de comentar!!! :)
O teu silêncio?!
És sem dúvida uma pessoa irresistível...mas em silêncio nunca vi! Pelo menos das 9h às 18h
Ehehehe :) Beijocas

Mukanda disse...

Olá Leticia, faço minhas as tuas palavras:

"Às vezes, reconheço que falo a mais. Talvez sim... Talvez não.
Mas, se falo o que preciso falar é justamente por ser eu aquela quem sente na pele e no coração, ou por testemunhar este sentir em outro alguém.

"Quem cala, consente" e a determinadas coisas não posso simplesmente presentear com um elegante silêncio".

A nossa tia Celeste, costuma dizer:
Que nós nascemos com dois ouvidos e uma boca, precisamente para ouvirmos mais e falamarmos menos!

Não deixa de ter razão.
Cada vez mais, tenho a certeza que perco muito mais em falar o que penso, do que se estivesse calada.
Mas, a verdade é que eu sou assim.
Nem melhor, nem pior, apenas EU!.

Mas também, sou da opinião que se é para dizermos "asneiras", ou não acrescentar nada de novo, devemos permanecer caladas(os).

Com o tempo e a maturidade, vamos aprendendo isto (ou não?!)

O Charrazito, sempre foi mais ponderado e faz ele muito bem.

Quando a conversa, não merece ser alimentada, quando não merecem que percamos tempo.... estou de acordo com o que diz, Sérginho Godinho, na música Barnabé, "fazer orelhas moucas."
Besos
Mukanda = Andreia Vilarinho Flórido

Carol disse...

Charraz, meu querido ...

Deixo estes 2 pensamentos de Oscar Wilde como comentário ao teu post:

"Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo."

e

"Se você não consegue entender o meu silêncio de nada irá adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos."

Mantem-te sempre ... simpático e irresistivel ;)

Uma beijoca grande

"Charol" ;)

Mukanda disse...

A minha Mimi lindaça!
Que saudades...
no post de 25/09/2008)
Mukanda