11 de março de 2008

Parabéns a vocês!

Tenho que dar a mão à palmatória, nem o texto, nem a normalidade, nem os telemóveis sem som vos demoveram. Foram chamadas, “e-mails”, “sms”, comentários no Tubo, e até 30 rosas me entraram pelo escritório adentro.

Queria que soubessem que nenhuma mensagem se perdeu, todas chegaram ao destino, inclusive aquelas envoltas em respeitoso silêncio. Como se costuma dizer, não se deve contrariar os malucos, e a verdade é que mesmo sem a pompa e a circunstância, tive um dia recheado de emoções e surpresas.

Não me levem a mal que destaque esta mensagem plantada no meu telemóvel, mas há coisas que desarmam…

1 comentário:

MARQUÊS DE VANICELOS disse...

Caríssimo,
30 anos é uma idade bonita e que, como alguém terá dito, é daquelas idades que até irritam (de inveja, claro!).
Embora com algum atraso, mas mais vale tarde que nunca, quero desejar-te as maiores felicidades do Mundo e faço votos que continues a cantar e encantar o Grupo da Corda e muitos milhares de admiradores que adoram ouvir-te no RCT. Continuem por muitos e muitos anos a homenagear quem muito fez e quem mutio faz pela música portuguesa de qualidade.
Um forte abraço
Marquês de Vanicelos