19 de julho de 2007

Também na mesma moeda o mundo me paga a mim

Hoje recebi a solidariedade do Paulo e do Rui, que sabendo que ia fazer o espectáculo sozinho, por não haver “cachet”, se prontificaram a tocar ao meu lado, como se nada fosse. Atitudes que marcam.

Hoje recebi um sorriso de uma amiga, feliz por ter feito a surpresa que tanto queria ao namorado.

Hoje voltei a sentir o ambiente caloroso do Ribeirarte, uma vez mais cheio de amigos que vieram com o propósito de nos ouvir. Matei saudades de alguns deles, que não via há muito tempo, há tempo demais. Hoje tive boas surpresas.

Hoje, na mesma noite em que toquei sem receber dinheiro, fechei contrato com uma empresa, para um espectáculo que me fará ganhar o equivalente a vários espectáculos como o que fiz ontem. Coincidência? Talvez….ou não! Continuo a acreditar que colhemos aquilo que plantamos!

Escrevo este texto às 2h30 da manhã, pouco depois de chegar a casa. Estou a trabalhar praticamente desde as 9h da manhã, a mesma hora em que daqui a pouco recomeçarei a labuta. Estou feliz, realizado e com a sensação de ter recebido em dobro o que dei de coração. Bem hajam!

5 comentários:

zmsantos disse...

E que bem que sabe o Fim-de-Semana começar à Quarta-Feira!!!

Magia nas atitudes. Magia na Música. Magia na Amizade.

A viver assim, vai-me custar muito, um dia ter que morrer...

Ah! a Joana adorou, tudo... :)

Sofia Lopes disse...

Foi linda a música e o clima de amizade que lá se sentiu...
Bj

SalgasVelho disse...

Bonitas atitudes, sem dúvida.
Fica, mais uma vez, provado que vale a pena a amizade desinteressada.
Parabéns Amigo.
Só não percebi uma coisa: "...fechei contrato com uma empresa, para um espectáculo que me fará ganhar o equivalente a vários espectáculos como o que fiz ontem."
Ora, se ontem recebeste zero(0) e matematicamente 0 multiplicado por qualquer valor (no caso, vários espectáculos)é sempre igual a 0...?!
Desculpa mas, não me parece um contrato muito vantajoso. :o)
Mereces melhor.
Abracinhos!!!

Rogério Charraz disse...

Salgas, limito-me a rir....

Anónimo disse...

Não é nada que não mereças.
Um abraço

Alentejano