10 de janeiro de 2007

Notícia Correio da Manhã

Notícia Correio da Manhã
Você lê e diz: "Ãh?!"

Um homem, de 75 anos, reformado dos correios e residente na cidade de Portalegre, Alentejo, foi no sábado bafejado pela sorte ao ganhar três dos quatros primeiros prémios do Totoloto. O septuagenário, que prefere o anonimato para “não ser reconhecido e raptado”, registou os três boletins com os mesmos números, mas um de cada vez, por não se lembrar dos anteriores registos. Acabou por ganhar mais de 600 mil euros (120 mil contos na moeda antiga).

Ricardo Santos foi quem o atendeu no acto do registo das apostas no café do Centro Popular de Trabalhadores, no bairro do Atalaião, onde o premiado reside sozinho com a mulher.“O idoso tinha algumas dúvidas sobre se já havia registado ou não o boletim. Para confirmar, fez o mesmo três vezes”, disse. No domingo, o afortunado compareceu com um ar de grande felicidade no centro para confirmar os números.“Dizia que tinha ganho o Totoloto, mas não ligámos. Pensávamos que era brincadeira”, lembrou Carlos Bragança, o uncionário que confirmou os boletins premiados. Depois de verificados os números, ninguém queria acreditar. “Foi uma alegria”, disse outro dos funcionários.O septuagenário referiu, contudo, ao CM, que não foi por esquecimento que registou o mesmo boletim por três vezes. “Faço-o sempre com os mesmos números e vou continuar a jogar desta forma”, disse o homem, que trabalhou durante duas décadas na Corticeira Robinson e outra nos Correios. A reforma chegou há 15 anos, por invalidez.Quanto ao dinheiro ganho com o prémio, um total de 618 mil euros, o premiado diz que já tem destino. “Não preciso do dinheiro para nada e o meu único filho e os meus netos que façam dele o que quiserem. A única coisa que preciso é saúde, para mim e para a minha mulher, e de ser operado aos pés e às hérnias”, referiu, confirmando, em seguida, que para sua segurança “os boletins já estão em Lisboa”. O outro totalista arrecadou 205 980 euros.

2 comentários:

zmsantos disse...

Já só me faltam 25 anos para ser milionário...

Ele há cada uma...

Andreia disse...

Charrazito,

Achas que me posso oferecer como filha adoptiva, uma vez que:
"Não preciso do dinheiro para nada e o meu único filho e os meus netos que façam dele o que quiserem. A única coisa que preciso é saúde, para mim e para a minha mulher, e de ser operado aos pés e às hérnias”
E provalmente precisarei de ser também operada à hérnia..... ;)
Besos mui grandes
Andreia Charraz