10 de agosto de 2006

Novidades em tempo de canícula

Se há período difícil de gerir é a fase do está-quase-mas-nunca-mais-chegam-as-p****-das-férias. O piloto automático há muito que está ligado, as baterias completamente descarregadas vão cumprindo os serviços mínimos e tudo o que exija mais que o básico comer, dormir, respirar, etc., é claramente um esforço desumano.

Ainda assim as novidades vão aparecendo, algumas delas supreendentes tendo em conta o período de dormência geral que tomou conta do país.

Cumprindo o ciclo natural das coisas, está prestes a findar o blog quemqueraminhacasa.blospot.com, bastando para que isso aconteça que os bancos não compliquem a função que lhes é destinada por natureza. À segunda foi de vez, contrariando todos os pessimistas prognósticos, incluíndo o meu, que anteviam meses de espera e jogos de limbo a baixar a fasquia até o tronco sentir o frio do chão. Nem uma coisa nem outra, o que me aumenta a crença nos ditos populares que apregoam que Deus é grande e todos os cabrões têm sorte!

Rei morto, rei posto e bola para a frente que atrás vem gente. Já que a blogoesfera é um espaço infinito, pondero a criação de um novo espaço para colmatar as necessidades que de repente se tornaram prementes, e até já tenho na ideia o endereço: queremosumacasabaratabonitaebemsituada.blogspot.com. Só vos digo que partir para esta empreitada com o combustível na reserva, a chapa amolgada de fresco e a carroçaria a suplicar reparação é uma aventura!

Entretanto, e cumprido o período de exílio, os Boémia estão de volta à Taverna dos Trovadores, a mítica casa de divulgação da música portuguesa por excelência, em S.Pedro de Sintra. É já amanhã, sexta-feira.
Sábado, voltamos ao Mercado da Ribeira para apregoar o nosso peixe. Vamos embora freguês...

5 comentários:

Uma vida qualquer disse...

Alguém se aponta e me leva na sexta?!

Rogério Charraz disse...

Não seja por isso, levo-te eu...

zmsantos disse...

Tenho pena de não poder ir.Agora tenho 1000 CD's para vender.Vamos tocar a Pegões. Mas no Sábado lá estarei na Ribeira.
Perdeste o fôlego pelo calor e pela proximidade das férias. Mas não perdeste o humor e a ironia.Folgo com isso e a despedir-me te digo que este post está muito engraçado.

Hasta sábado.

Uma vida qualquer disse...

Se decidir que não rumo a norte em direcção ao verde Minho este fim de semana, seja na Taberna ou no Mercado nos encontraremos!

wind disse...

Estive lá no sábado:)
Parabéns ao grupo, que são uns bons músicos!:-)