18 de agosto de 2006

Não dá para mais....

Enquanto não chegam as férias (está quase!) vou-me contentando com o fim-de-semana.

Que não significa necessariamente descanso.

Não acreditam? Vejam pelos vossos próprios olhos, hoje na Taverna dos Trovadores, amanhã no Ribeirarte.

Entretanto para os que já estão a banhos no Algarve ou para lá se encaminham, lembro que começa hoje, prolongando-se até dia 27 deste mês, a FATACIL.

Bom fim-de-semana, ou até já!

8 comentários:

Luna disse...

Quando as feria finalmente chegarem, aproveita bem esquece a vida e o mundo, só assim estamos pronto para mais um ano em cima de nos
bom fim de semana

Ana disse...

Parabéns pelo espectáculo na 6ª. Gostei muito! Não vos conhecia, fiquei (com pena) sem conhecer originais vossos, mas a banda e as vozes já me convenceram!
E depois, há canções que, bem tocadas e cantadas por uma boa voz, se ouvem sempre... e nos arrepiam de cada vez que as ouvimos. Boa escolha, também.
Felicidades!

Promoção BOÉMIA Surpresa disse...

Aproveite já esta promoção (de promocional, que aqui não há descontos, a vida do artista é dura) e adquira o CD dos Boémia. A surpresa está garantida, porque mesmo que os tenha ouvido ao vivo, certamente não escutou um original (isto é tão mau como a patinadora à caixa central!)
Veja lá se nos chegamos à frente, estimada Ana!

Rogério Charraz disse...

Ordem na casa!

Luna, bem vinda a esta humilde casa. E não se preocupe, se há capítulo em que não deixo o meu crédito em mãos alheias é o de gozar férias e apreciar a vida. Doa a quem doer...

Ana, obrigado pelos incentivos. São eles que nos fazem correr. Quanto à míngua de originais, reconheço a falha, eu próprio a sinto, mas para além da estranha alergia que prometo combater com unhas e dentes, foi uma noite muito atípica e acidentada. Fico contente que tenhas gostado mas em boas condições sonoras pode ser muito melhor...

Não respondo a engraçadinhas anónimas...

Ana disse...

Ó XôDona Anónima saída de uma qualquer manta de retalhos: e que tal começar, por exemplo, a oferecer uns cd's (que, justiça lhe seja feita, apregoa sem descanso e com artes de vendedora profissional) nos aniversários, no Natal, aos amigos, família, etc... hein?

Anónima retalhada disse...

Ideia quase divina ... mas tardia que já comecei!

Rogério Charraz disse...

Confirmo que já começaste, espero que ainda não tenhas acabado. Afinal, o Natal está aí não tarda...heheheh

Ana Geraldo disse...

Sala a meio gás...mas boémia em grande...como sempre!
Adorei, já tinha saudades!
Os vossos convidados são sempre do melhor.

beijos e boas férias