18 de julho de 2006

A pedido de várias famílias....

Já estavam a estranhar, não estavam? Tanto tempo sem falar do meu Glorioso...

Pois bem, nova época, novo treinador e novo sistema táctico. Confesso que o Engenheiro me tem surpreendido pela positiva. Primeiro porque também acho que este "losango" é o que melhor se adapta aos jogadores que o Benfica tem, uma vez que o único extremo de raíz é o Simão , que está mortinho por ir embora.
Depois porque concordo plenamente com a análise que fez dos jogadores que faltam. Não existe alternativa credível a Leo (Miguelito era uma óptima opção) e falta um avançado com as características do Marcel, mas com outra qualidade.
E fiquei absolutamente fascinado quando, no rescaldo do jogo de Sábado, disse que nesta fase da época tinha sido bom marcar um golo cedo para gerir o resultado, mas que quando começar a época, se o Benfica tiver a ganhar por 1-0 tem que... procurar o 2-0! Até que enfim, alguém que percebe que um clube com este historial não se encolhe, quanto muito em jogos com grau de dificuldade muito elevado controla o jogo mas nunca abdica de atacar!
Fernando Santos até pode não ter sucesso (a bola é redonda), e até se pode ficar pelas boas intenções, mas depois do sorumbático Trapattoni e do inventor Koeman, sabe bem ver a postura deste treinador.
Quanto ao Rui Costa, só os velhos do restelo poderão estar surpreendidos...

4 comentários:

A Velha do Restelo disse...

Falamos na 4.ª jornada da Liga!

zmsantos disse...

Ui,o Restelo é grande e tem muito peso (infelizmente).

Estamos no princípio. Vamos partir do zero. Vamos acreditar em quem quer trabalhar e que será uma boa época.

Força tradição! gloriosa e invencível águia!

salgasvelho disse...

É isto que me preocupa: A época do pontapé na bola nem começou mas já começaram os "piropos". Isso não é paixão mas doença!!!

Depois venham dizer que os políticos ganham muito e não fazem nada...querem ainda melhores exemplos?

Parece-me, e espero não estar enganado, ser óbvio que, todos os que pouco ou nada fazem são os que mais recebem. Deverá este paradoxo ser merecedor de tanta da nossa energia? Isso é que não me parece!

Mas como diz o povo: "Temos de dizer qualquer coisa para não morrermos estúpidos".

SERÁ???

Quanto ao Rui Costa (ele também quase um "velho da Luz", porque não?), veremos. Ou não.


Saudações político-desportivas

Rogério Charraz disse...

Salgas meu velho, essa tua visão que quem gosta de futebol anda a dormir quanto ao resto é tão redutora quanto injusta.
Quanto à questão dos ordenados milionários, vamos por partes. Apesar de ser contra os discursos de "candidata a Miss Universo", sou dos que acha tremendamente injusto que grande parte da riqueza mundial esteja na posse de tão poucos. Aliás, sou contra os milionários. Nesse aspecto sou um pouco "esquerdista primário", acho perverso que alguém tenha na sua posse valores que por si só resolveriam grande parte das insuficiências de alguns países e de milhões de pessoas.
Agora, se vamos por aí vamos cortar a direito. Vamos falar dos milhões que se gastam em produções de concertos de música, dos milhões que se gastam para fazer filmes, dos milhões que se gastam em prostituição de luxo, dos milhões que se gastam na indústria da "cusquice", dos milhões que se gastam em políticos, dos milhões que se gastam em festas e cocktails, etc, etc, etc.
O que é facto é que nós não nos importamos de pagar para ver os outros fazer aquilo que nós não somos capazes e gostaríamos de ser. E o futebol não é em nada diferente da música, do cinema, da política, da economia, e de tudo o resto. Se calhar a única diferença é que está ao alcance de todos...