8 de junho de 2006

Foi bonita a festa!

E muito merecida!


Claramente a dupla sensação da noite! Não só pela beleza mas também pela música de fundo...







As pessoas importantes são assim, têm amigos em todo o lado. Na Alemanha, no Brasil...





A atracção da noite! Maria Armanda e o seu sucesso "Eu vi um Sapo", lembram-se? É incrível como ao fim de tanto anos está igual...






A ternura dos ............enta!



Vem nos livros, uma festa moderna tem que ter sempre um momento gay...


....e artistas! (reparem na seta do envelope a apontar para a cerveja. Tudo pensado ao pormenor)





Muitos artistas! Dos que desprezam a câmara aos que ensaiam a pose a olhar
para o céu (consultar página 54 do livro "Como fazer uma Carreira como o Tony")


Um abraço muito especial aos que desde o início participaram na preparação da festa e na grande surpresa mas que, por várias razões, não puderem estar presentes fisicamente.

4 comentários:

zmsantos disse...

As fotos estão lindas. As 'bocas' ao Tony é que eram escusadas, o rapaz não merece...

Nanda disse...

Deve ter sido uma bela festa. Se estivesse cá não faltaria de certeza ao aniversario de um AMIGO tão querido! Bjs

brito_i@hotmail.com disse...

Gostei das fotos e da festa.
Gostaría que o aniversariante parasse um pouco para pensar e aprender a ser feliz.
Bjokinhas, Isabel

Rogério Charraz disse...

Isabel, antes de mais obrigado pela visita e pelo comentário. É sempre um prazer receber-te nesta humilde casa.
Quanto ao "nosso" aniversariante, não sei que factos motivaram o teu comentário, mas daquilo que conheço dele, e comparando com tempos idos, parece-me que hoje pensa mais e reage menos. E parece-me que hoje está a fazer pela vida dele e à procura da sua felicidade, ao contrário de outros tempos em que deixava as situações chegarem ao limite, explodia e depois entrava em estado de depressão.
Acima de tudo, como amigo e admirador, espero que nunca perca o carácter e a pureza que o caracterizam. Creio que está a ser muito coerente ao não pactuar com o cinismo e a falta de frontalidade e acredito que desta vez, rodeado de gente que realmente lhe reconhece o valor e acredita nas suas enormes capacidades, encontrará o rumo da paz, da estabilidade e da felicidade.
Da minha parte tudo farei para ajudar, porque admiro muito a pessoa que é e prezo muito a amizade que nos une.
E sei bem que também torces pelo bem dele...