7 de outubro de 2005

Boas Novas

Apesar de ter sido uma semana com duas sextas-feiras, estou assim a modos que rebentado.

Apesar de tudo chegamos a sexta-feira com uma notícia excelente - acaba hoje à meia noite a campanha eleitoral para as autárquicas!!!!!

Tendo em conta o nível da campanha é uma notícia fantástica. Vou-vos poupar a enunciação de todos os pontos maus da mesma, aproveito apenas para realçar os pontos positivos (sim, poucos mas houve): a surpreendente (pela positiva) campanha de Maria José Nogueira Pinto em Lisboa, aproveitando a imprensa que a acompanhava para mostrar problemas de que nunca ninguém se lembra (como a pouca procura da casa Fernando Pessoa). As obras que um pouco por todo o lado aparecem milagrosamente e casualmente no ano das eleições quando nos outros três anos todos se queixam que o orçamento é limitadíssimo. E pouco mais. Ah, e o facto de não ter havido mais debates. Já ninguém aguentava mais gritaria e falta de educação.

Quanto à minha zona, na Junta de Freguesia de Rio de Mouro a minha decisão está tomada. O actual presidente (PSD), que venceu nas últimas eleições a candidata comunista(professora reformada, que liderou a junta muitos anos, pessoa conhecida de toda a gente e preocupada com a vila), deixou um folheto na minha caixa de correio a dizer o que planeia fazer nos próximos quatro anos. O estranho é que não tenha falado no que fez nos últimos quatro...ou será que não fez nada? Fez, fez...fez um parque de estacionamento ao lado da estação de comboios, que como é pago está as moscas entupindo as pracetas da Vila, e deixou que a nova estação fosse terminada sem uma escada rolante a compensar uma enorme escadaria que assusta qualquer pessoa já com alguma idade!

Na Câmara de Sintra, até estava a ficar com vontade de compensar o Dr. Seara por ter feito dois alargamentos no IC19, em quatro anos, contra os oito anos da Drª. Edite a ver passar as motas... Mas aquele debate na SIC Notícias foi vergonhoso, não merece o meu voto. Até Domingo pensarei na melhor maneira de o castigar, sem prejudicar Sintra.

Bom Fim-de-Semana, e vão votar, é só o que nos resta...

2 comentários:

Sandra Feliciano disse...

Há sempre a hipótese de votar branco, com as inerentes vantagens em termos de poupança da tinta da caneta da junta ou da escola que serve de palco ao acto, as quais são sempre pagas com o dinheiro dos nossos impostos!

Adorava ver a cara dos nossos competentíssimos candidatos se um dia os resultados de um acto eleitoral neste país colocassem o voto branco aí pelos 80 a 90%... Será que nessa altura finalmente "se enxergavam" ou nem mesmo assim?...

Mas é utopia minha, eu sei. A maioria dos Portugueses preferem cair preguiçosamente nas malhas do marketing político e desvirtuar a democracia a protegerem-se, informarem-se e votarem conscientemente - é que esta última alternativa dá mais trabalho e a malta não gosta mesmo nada de se cansar. E depois reclamam, reclamam, como se a culpa do estado do país não fosse deles eleitores e das suas escolhas...

Meio por gozo, meio a serio e por defeito profissional, até escrevi um "Procedimento de Controlo do Acto Eleitoral" (dirigido a eleitores). Que meia dúzia vai ler no Cobre&Canela, mas não vai adiantar mesmo nada, como sempre - só adiantaria se fizesse parte dos textos de uma das telenovelas na berra, claro.

Rogério Charraz disse...

Votar em branco? Depois de ler o Saramago qualquer um perde a vontade...