30 de março de 2005

Rui Costa

Rui Costa é o nosso D. Sebastião. Já várias vezes esperámos que a meio da época nos viesse salvar. Já todos nos desiludimos quando percebemos que isso não iria acontecer. Agora o que nunca esperámos é que em vez de desaparecer no meio do nevoeiro, se esfumasse por entre pasta carbónica!

Pelo que vi no Euro2004, já tenho muitas dúvidas que a maioria dos benfiquistas o queira...
Felizmente, eu penso pela minha cabeça. E EU QUERO VER O RUI COSTA A DESFILAR A SUA CLASSE NA NOVA CATEDRAL! E enuncio as razões:

1ª: Quem tiver assisitido ao últimos jogos do Milão percebe que está longe de estar "acabado", e que continua a ter muita magia naqueles pés.
2ª: Ter Nuno Assis não chega. O Benfica precisa de ter mais que um jogador para cada posição.
3ª (muito importante): Graças a Deus tenho boa memória. Em 1994, Rui Costa tinha a Europa a seus pés. Era pretendido por muito clubes, entre os quais o Barcelona. Se tivesse ido para Barcelona ñaquela altura, não tenho dúvidas que tinha tido tanto sucesso como Figo. Mas o Rui foi para a Fiorentina. Sabem porquê? Porque a proposta da Fiorentina era mais vantajosa para o Benfica! E mais, estava presente no Estádio da Luz quando, num jogo amigável de pré-época, o Benfica sofreu um golo e o autor do mesmo desatou a chorar sendo consolado pelo árbitro. Se para a maioria o que conta é o que cada um joga (embora depois se queixem que os jogadores não sentem a camisola!), para mim estas coisas marcam...

Por tudo isto, e muito mais, espero para o ano ver o Benfica na Liga dos Campeões, com o maestro em campo....

Rogério Charraz

2 comentários:

Lusaut disse...

Eu não sou Benfiquista.
Eu quero ver o Rui Costa a jogar em Portugal. Mesmo que seja no Benfica. E tem que ser no Benfica. O Rui merece voltar a jogar no "seu" Benfica. Ele merece voltar a ganhar um título com o "seu" Benfica. Que seja o da Liga dos Campeões, mas, se fosse necessário, até lhe concedia um título nacional. Sim, a ele, não ao Benfica… …só para o poder ver jogar todas as semanas e para ver a reacção dele no momento da felicidade suprema.
O Rui Costa é o meu jogador preferido. Se tivesse 10 anos só coleccionava os cromos dele e deitava todos os outros fora. Ele é o número dez. Ele tem todos os argumentos de jogador para tal. Ele tem a personalidade. Ele tem o carácter. Ele tem a capacidade de liderança. Ele tem a visão do jogo. Só ele joga e faz jogar de forma tão subtil. É a tal classe de maestro.
Ele faz muita falta ao Benfica. Ele faz muita falta ao Campeonato Português. Ele faz e vai fazer muita falta à equipa nacional.

PS: Continuo a acreditar que Portugal podia ter sido Campeão Europeu se o Rui Costa tivesse jogado de início ou se tivesse entrado mais cedo no final.

Lusaut disse...

Quem viu o golo? Quem viu?
Fantástico!
Infelizmente,para o ACMilan, só chegou para o embate frente ao Brescia...